sexta-feira, 24 de março de 2017

O outro lado da moeda

Os fatos são interpretados de diferentes maneiras, outros ângulos e perspectivas. Ignorar um ponto de vista é ficar cego pro resto da vida. 
Eu continuo, eu insisto, eu tento. Mesmo quieta e sem fazer confusão. Estou lá. Eu espero e continuo esperando, não dou o braço a torcer mesmo se minha paciência acabar.
Porque eu quero. Quero muito. Quero tanto. Mas só espero até cansar, porque consigo lidar com a minha própria falta de paciência, mas quando eu canso, preciso descansar.

terça-feira, 7 de março de 2017

Muitas de mim

Sou Geni, Daniela, Janaína, Camila, Bárbara, Carla, Renata, Mônica, Paula, Laura, Clarisse, Amanda, Marina, Madalena... Sou tantas.
Sou de Chico, de Bruno, de Paulo, de Cássia, de Roberto, de Elis, de Renato, de Ana, de outros.

Mulher de homens...
Mulher de mulheres...

NÃO!
Mulher de mim.
Sou de guerra, de garra e de paz.

Mulher do mundo, da vida, de Deus, do que for, de quem eu for, de quem eu quiser.

quarta-feira, 13 de março de 2013

segunda-feira, 11 de março de 2013

E o amor? O seu amor.



Você sabe amar o próximo quando você sabe se amar acima de qualquer coisa.

Diferente disso o que acontece é obsessão, aquela necessidade absurda pelo outro, que, aparentemente, supre todas as suas necessidades. Só que, vos digo com a sabedoria de quem já passou e viu pessoas queridas passarem por isso, é tudo ilusão. Se for para ser obcecado que seja por você, tenha amor e respeito próprio. Tenha alguma, senão toda, auto-suficiência.
Se você ama mais o próximo que a si mesmo, tem algo errado. O amor mais sincero que se tem é aquele “de você, para você”. O correto é “amar o próximo como a ti mesmo”, sem diferenças. Conheça seus limites e valorize-os. Não seja subjugada, a menos que por prazer, o seu prazer (você me entende!?).

Prece

Cuidado, menina.
Porque nem sempre o que a gente quer, a gente merece ter.
Porque às vezes nossas preces são atendidas ao pé da letra.
E alguém sairá machucado.
Além de você.

Menina,
O mundo tem as portas abertas,
Se você quiser entrar.
Não que ele sempre seja bonito,
Mas o que temos a perder na vida?
-Talvez um pouco de vida...

Menina,
Não existe a opção de olhar para trás,
E pensar que todo coração é uma pedra.
Apenas entre e deixe suas portas abertas,
Estou perto e quero entrar.
Porque também cansado, preciso descansar.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Quando tiver a sorte de se apaixonar, não tenha medo. Vai doer, mas parece que vale a pena...