segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Quando tiver a sorte de se apaixonar, não tenha medo. Vai doer, mas parece que vale a pena...

sábado, 17 de novembro de 2012

"

Ela só vai te esperar até seguir em frente" (Visto em: Beauty and the Beast)

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

"

Você acha que sabe de tudo, porque usa preto e sabe usar o Google. Mas é mais complicado que isso." (Visto em: The Neighbors)

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Voltei,
A me sentir acolhido,
Amado.

Voltei,
Ao meu lar,
Teus braços.

Voltei,
A sorrir,
Criar laços.

Decisões.

     Tinha um monte de sonhos, vivia ansiosa e bem ativa, sempre busquei conquistá-los ou fazer por onde os merecesse. Com o passar do tempo, e o devido clichê de quem não aprende com os velhos erros, tomei consciência de que o que antes fora sonho, passou a ser um plano e depois passou a ser expectativa. A partir daí os problemas começaram, o que eu fazia e até então queria, não era eu, eram eles. Minha mãe, minha família, meus colegas, meus amigos, meus professores e até aqueles que só ouviam falar de mim. Sim, tudo passou a ser nada, continuei fazendo tudo, mas fazia pra não decepcionar nenhuma dessas pessoas. Acredito, que se alguém deposita expectativa em você, é porque você vale a pena e tem potencial. Mas passei a ficar triste, a me sentir só... Só se falava sobre o quanto eu era... Enfim.
     Cansada. Larguei tudo, decidi começar do zero. Só que ninguém diz a você quão difícil é tomar essa decisão, o julgamento é pior. A sensação das pessoas olhando pra você é fria. Você se sente fugindo de algo que sempre estará presa, moral. Te fazem pensar que tudo em você está errado. Tentam te fazer se arrepender de cada palavra e pensamento que tivestes até o dia em que criastes coragem para externá-los. É de partir o coração. Olhar a janela às 4h da madrugada não é fácil. Mas você segue vivendo.

Então...


     Um dia alguém me disse que devo chorar por amor e que desilusão faz parte. Que eu posso ter meu momento adolescente e sair pra beber ou fazer compras. Que é bonito o meu sorriso e que devo usá-lo pra conquistar o mundo, antes de conquistar os homens.

O crítico.


     Receber críticas não é fácil. E criticar também não é pra qualquer um.

     Faça um favor a você mesmo, e não seja a pessoa que vai arrumar um jeito “engraçado” de fazer uma crítica destrutiva. Você nunca sabe o limite do outro, e não é recomendado entrar em território desconhecido. Todo mundo tem, pelo menos, um ponto fraco e nem sempre dá pra saber quando puxamos o pino da granada. Não dá pra ser a pessoa que leva tudo na esportiva, sempre. E é muito ruim fazer uma coisa pra se sentir bem, e de repente vir alguém falando besteira. Vamos usar da querida empatia, por favor. 
     Quanto mais teremos que ser infames e egoístas a ponto de não nos colocarmos nem no lugar dos nossos amigos?
     Antes de ser desagradável, pergunte com vai, como está o humor, sobre a vida, a família... Sei lá, qualquer coisa que faça você descobrir um pouco mais sobre o próximo. E então, faça sua piada.

Ou não.